01/05/2018

MAIS ANTIGA.

Meus Poemas-83

meus poemas-83

ROSA DE ENCANTAR.

És linda rosa de encantar
Com pétalas de se ver,
Aroma de não esquecer,
Embriaga-me o teu olhar.

Tua beleza é pura magia,
Cria no peito forte emoção,
Ao saíres fica a solidão,
Fica tristeza sem fantasia,

Há gritaria mas tudo em vão,
Apenas saiu não foi embora,
Mas a falta apenas de uma hora
Deixa vazio no meu coração,

Chega depressa para te abraçar,
Não te esqueças por momento,
Pois é difícil passar o tempo,
Não pára minha alma de chorar,

Minha rosa, meu lindo amor,
Teu aroma não posso esquecer,
Quero perguntar para perceber,
Porque tua falta causa tanta dor.
Por: António Jesus Batalha.

meus poemas-83-flor-vermelha

FLOR VERMELHA.

Há na tua cor vermelha tanto fulgor,
Parece que iluminas como a claridade,
Desse jardim passado tenho saudade,
Da grande roseira quando abria flor.

Mão perfumada para tocar na minha dor,
Fugiu para o deserto sem dó e piedade,
Deixando em meu peito dupla ansiedade,
E imenso deserto sem um oásis de amor.

Plantada no canto só feita uma mendiga,
O teu manto verde belo como de rainha,
Escrita que fizeste no jardim era só minha,
Escreveste no meu coração a palavra amiga.
Por: António Jesus Batalha.

meus poemas-83-enche-a-mente

ENCHE A MENTE.

Enche tua mente de bons pensamentos,
Satura teu coração com toda a verdade,
Alaga-o de luz em vez de escuridade,
Cria dentro de tua vida bons inventos.

Fora da verdade é só grande tormento,
A Vera paz só se encontra na Claridade,
Viver na luz é viver numa forte realidade,
Com sabedoria, graça e entendimento.

Que tua visão não fuja e fique perdida,
Ficarias no mundo perdido,muito solitário,
E a tua vida ficaria triste um cruel fadário.
Sem alvo sem amor, de alma muito ferida.

Tenta viver longe deste mundo maldito,
Lembra-te que no céu podes ficar à mesa,
Longe de toda a dor, mágoa e tristeza,
Gozando a presença de Deus todo infinito.
Por: António Jesus Batalha.



A Verdade Em Poesia, António Batalha,Bíblia Sagrada, Ciência, Desporto,Meus Poemas,
Deus,Jesus Cristo,